Esqueceu a senha?

A password will be emailed to you. You will be able to change your password and other profile details once you have logged in.

História: Sega Mega Drive(genesis)

Mega Drive é um console de video game de 16 bits da SEGA que concorria diretamente com o Super Nintendo. Conhecido como "Genesis" nos Estados Unidos, o console fez grande sucesso na década de 90, perdendo espaço após o surgimento e popularização da nova geração de consoles de 32 bits, como o Playstation da Sony.

 

Dentre os jogos de maior sucesso desse sistema está a série Sonic the Hedgehog , a aventura de um veloz Ouriço azul para salvar os animais de seu planeta. O jogo foi criado com o objetivo de rivalizar com o personagem Mario, o mascote da Nintendo, criando assim a SEGA seu próprio mascote e maior símbolo. A velocidade do jogo tinha por objetivo mostrar as vantagens do processador do Mega Drive em relação ao console de 16 bits da Nintendo.

 

No Brasil, o Mega Drive ainda é produzido pela Tectoy, com novas versões. No exterior, de 2006 até o momento, 3 novos jogos para o console foram produzidos.

 

Acessórios

 

O Mega Drive, nativamente baseado em cartuchos, podia ser expandido através do acessório Sega CD para aceitar jogos gravados em CD. Esse acessório acrescentava um co-processador auxiliar idêntico ao do próprio Mega Drive e permitia a exibição de vídeos.

 

Com o 32x, o sistema ganhava dois processadores auxiliares de 32 bits,alem de ganhar uma palheta de 32,768 cores(em vez dos 64 do Sega CD), com novos jogos baseados em cartucho sendo desenvolvidos para esse sistema. Poucos jogos foram produzidos para a combinação do 32x com o Mega CD, devido à pouca popularidade desses acessórios.

 

Outros acessórios também foram lançados. A Menacer era uma pistola de luz para jogos de tiro. O Activador permitia que o jogador usasse jogos de luta dando socos e chutes no ar, sem controles. XBAND era um modem que permitia jogar com outras pessoas conectadas em um serviço pago, além de mandar e-mails e acessar outros serviços online (no Brasil esses serviços incluíam eletrônico e acesso bancário).

 

Originalmente o Mega Drive foi lançado com um joystick com um botão direcional, três botões de ação e um de início de jogo. Por ocasião de lançamento do jogo Street Fighter II para o console um joystick com seis botões de ação foi lançado e se tornou rapidamente o padrão de mercado.

 

O Power Base Converter/Sega Mega Adaptor permitia jogar cartuchos de Master System no Mega Drive. O acessório apresentava alguns problemas em revisões posteriores do console, já que o conector do cartucho ficava mais distante do topo do gabinete do console, fazendo com que o terminal de inserção do acessório não ficasse devidamente encaixado. O problema podia ser resolvido removendo o acessório do gabinete plástico, encaixando-o diretamente no Mega Drive.

 

Versões

 

As versões do Mega Drive eram numeradas, mas elas não equivalem em todos os mercados. Há três versões principais do sistema: o Mega Drive original é o maior de todos, suporta o acessório para rodar jogos de Master System, o Mega CD e o 32x. Tem uma saída de fone de ouvido com controle de volume. A segunda revisão do sistema é menor e não suporta corretamente o acessório de compatibilidade com Master System, mas suporta Sega CD e 32X. A terceira revisão foi lançada após a "era dourada" e era uma versão barateada para atingir um mercado mais popular. Essa versão não suporta o 32x nem o Sega CD e foi lançada nos EUA pela Majesco e no Brasil pela Tec Toy (sendo que a versão da Majesco apresentava um novo design).

 

Uma versão portátil chamada Nomad foi produzida por um curto período de tempo. Com alto consumo de bateria, uma tela de qualidade insuficiente e alto custo de comercialização, essa versão foi pouco popular.

 

O "Mega CDX" era um Mega Drive que incluía o acessório Sega CD embutido, e também podia ser usado como um "discman" através do uso de duas baterias AA. O Mega CDX é consideravelmente maior e mais pesado que os reprodutores portáteis de CD disponíveis no mercado hoje.

 

A Tec Toy ainda hoje produz o Mega Drive, em versões mais baratas, voltadas ao mercado popular. Atualmente, ela produz duas versões: a primeira é o Mega Drive 3 com 81 jogos na memória. Essa versão não possui entrada para cartuchos, sendo possível jogar apenas os 81 jogos de sua memória interna. A Tec toy já chegou a fabricar o Mega Drive 3 com trinta jogos na memória, ainda com entrada para cartuchos. Entretanto, essa versão foi extinta pela própria empresa, e substituída pela que não tem entrada, o que não agradou os fãs, pois limita aos jogos gravados na memória, não permitindo, portanto, jogar nenhum outro via cartucho. Depois, a Tec Toy lançou o Mega drive 4 Guitar Idol em duas versões uma com 87 jogos na memória e outra com 100, 2 joysticks e uma guitarra semelhante à do game Guitar Hero.

 

Já a segunda, o "Mega drive Portatil", é uma versão de bolso do console, diferente da Nomad, que possui 6 botões de ação , tela LCD de alta resolução e vinte jogos na memória. Entretanto, ele também não possui entrada de cartuchos ou uma entrada para a comunicação com PCs (como entradas USBs ou outros tipos de cabo), o que lhe limita aos jogos de fábrica.

 

Recentemente a Tec Toy lançou no mercado a segunda versão do Mega Drive portátil, o MD Play, com importantes avanços, entre eles a bateria interna recarregável (com excelente duração), conexão via USB para carga (há também um carregador para tomadas), nova tela de LCD e, principalmente, slot para cartão de memória onde o usuário poderá expandir sua biblioteca de jogos, além, claro, de um visual mais bonito do que a primeira versão. O produto está praticamente fora do mercado brasileiro, raríssimas são as lojas que possuem o console de bolso e a Tec Toy informa que não há previsão para produção de novo lote do MD Play. Nos EUA e na Europa há uma versão idêntica ao último MD Play lançado pela Tec Toy por pouco menos de US$ 50 (EUA), lá fora o Mega Drive portátil é produzido pela AtGames.

 

 
Opinião:

Eu sou suspeito para falar deste maravilhoso console pois tive um no meio de uma guerra entre SEGA X NINTENDO Joguei muitos jogos clássicos zerei vários também. E um ponto de vista que tenho é que os jogos de Super Nintendo tinham um visual mais bonito do que no Mega Drive porem o Mega tinha mais velocidade, abaixo vou colocar alguns screenshoots de jogos clássicos e exclusivos Sega que nos matamos de tanto jogar.

 

Gostou disso? compartilhe.

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *